Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Blog do Logista – Maio, 2016

Você já deve ter escutado a seguinte frase: “enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

Diante de um cenário desconexo na política e economia do país, com baixas no consumo e perspectivas negativas de crescimento no varejo, passa a ser muito comum termos profissionais de vendas despreparados para enfrentar tempos em que é necessária a adoção de estratégias para situações atípicas.

Em pesquisa realizada recentemente, com mais de 240 grandes varejistas, como hipermercados e bancos, a DOM Strategy Partners, primeira consultoria 100% nacional focada em estratégia corporativa, buscou identificar e mapear algumas das principais tendências em estratégia de marketing para o varejo nos próximos anos.

O mais curioso desta pesquisa, é que a maioria das alternativas está focada em inovação e nós separamos 5 das principais para ajudar no seu negócio!

PDV: experiência e engajamento

O termo engajamento é muito conhecido para quem trabalha com redes sociais, pois mede o envolvimento ou a interação com a marca, além do número de seguidores ou likes em uma postagem.

A grande questão é que além das redes sociais em si, varejistas devem buscam inovação para melhorar a experiência no PDV, identificando os melhores produtos para cada consumidor, fazendo com que o mesmo interaja com a marca por meio de diversos canais e com diferentes ações. Veja neste post algumas dicas de live marketing.

E por falar em customização

Com a ajuda de sistemas de gestão, é possível mensurar demandas, identificar públicos e trabalhar de forma inteligente por meio dos dados disponíveis, customizando serviços ou desenhando produtos exclusivos.

Trazer o cliente para dentro de sua loja e fazer com que ele participe em alguns processos, realizando pesquisas ou entrevistas com apontamentos de tendências, é fazer com que em muitas etapas do relacionamento com o consumidor, o engajamento para com sua marca por consequência acabe aumentando.

Vale acentuar que este tipo de estratégia fica relativamente mais fácil quando incorporada às novas tecnologias e plataformas.

Fast Trending  

Lançar tendências pode fazer com que sua loja ganhe destaque em relação à concorrência.

No entanto, a capacidade de produção em larga escala e o posicionamento de sua loja em algum segmento, são fundamentais para aplicar esta técnica, que utiliza estoques pequenos com giro alto.

Ou seja, para vender mais, você terá a seguinte equação:

Produção em larga escala +rapidez  X  especialização = aumento de venda

Contar com curadoria de marca

Quando a empresa tem defensores, pessoas que contam suas experiências e recomendam os produtos ou serviços de sua loja, podemos dizer que seu estabelecimento conta com clientes altamente satisfeitos, sobretudo quando se identificam também com os valores de seu negócio. Em suma, este tipo de cliente certamente defenderá a marca para outros consumidores e isso vale muito.

Mas atenção: para que a empresa tenha a imagem construída de forma fidedigna aos seus propósitos, é importante que você monitore seu público e perceba o que o target está falando sobre seu estabelecimento ou marca.

Visão de longo prazo

Neste momento, conceitos como o de sustentabilidade ou crescimento sustentável, passam além de discurso, a ser prática de negócios responsáveis. O relacionamento com a sociedade e consumidores passa a ser valorizado como instrumento de transformação social, independente de ganhos financeiros.

É importante estar atento a estas novas orientações de mercado, desenvolvendo um planejamento que conte com integração de plataformas de vendas, por meio do modelo multicanais, além de ter alguns aliados, como o treinamento constante da equipes de vendas e o foco na inovação.

Para continuar a “vender lenços”, a cada dia que passa sua loja precisará se adequar a novos processos e formatos de gestão.  Fique de olho!

Você já deve ter escutado a seguinte frase: “enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

Diante de um cenário desconexo na política e economia do país, com baixas no consumo e perspectivas negativas de crescimento no varejo, passa a ser muito comum termos profissionais de vendas despreparados para enfrentar tempos em que é necessária a adoção de estratégias para situações atípicas.

Em pesquisa realizada recentemente, com mais de 240 grandes varejistas, como hipermercados e bancos, a DOM Strategy Partners, primeira consultoria 100% nacional focada em estratégia corporativa, buscou identificar e mapear algumas das principais tendências em estratégia de marketing para o varejo nos próximos anos.

O mais curioso desta pesquisa, é que a maioria das alternativas está focada em inovação e nós separamos 5 das principais para ajudar no seu negócio!

PDV: experiência e engajamento

O termo engajamento é muito conhecido para quem trabalha com redes sociais, pois mede o envolvimento ou a interação com a marca, além do número de seguidores ou likes em uma postagem.

A grande questão é que além das redes sociais em si, varejistas devem buscam inovação para melhorar a experiência no PDV, identificando os melhores produtos para cada consumidor, fazendo com que o mesmo interaja com a marca por meio de diversos canais e com diferentes ações. Veja neste post algumas dicas de live marketing.

E por falar em customização

Com a ajuda de sistemas de gestão, é possível mensurar demandas, identificar públicos e trabalhar de forma inteligente por meio dos dados disponíveis, customizando serviços ou desenhando produtos exclusivos.

Trazer o cliente para dentro de sua loja e fazer com que ele participe em alguns processos, realizando pesquisas ou entrevistas com apontamentos de tendências, é fazer com que em muitas etapas do relacionamento com o consumidor, o engajamento para com sua marca por consequência acabe aumentando.

Vale acentuar que este tipo de estratégia fica relativamente mais fácil quando incorporada às novas tecnologias e plataformas.

Fast Trending  

Lançar tendências pode fazer com que sua loja ganhe destaque em relação à concorrência.

No entanto, a capacidade de produção em larga escala e o posicionamento de sua loja em algum segmento, são fundamentais para aplicar esta técnica, que utiliza estoques pequenos com giro alto.

Ou seja, para vender mais, você terá a seguinte equação:

Produção em larga escala +rapidez  X  especialização = aumento de venda

Contar com curadoria de marca

Quando a empresa tem defensores, pessoas que contam suas experiências e recomendam os produtos ou serviços de sua loja, podemos dizer que seu estabelecimento conta com clientes altamente satisfeitos, sobretudo quando se identificam também com os valores de seu negócio. Em suma, este tipo de cliente certamente defenderá a marca para outros consumidores e isso vale muito.

Mas atenção: para que a empresa tenha a imagem construída de forma fidedigna aos seus propósitos, é importante que você monitore seu público e perceba o que o target está falando sobre seu estabelecimento ou marca.

Visão de longo prazo

Neste momento, conceitos como o de sustentabilidade ou crescimento sustentável, passam além de discurso, a ser prática de negócios responsáveis. O relacionamento com a sociedade e consumidores passa a ser valorizado como instrumento de transformação social, independente de ganhos financeiros.

É importante estar atento a estas novas orientações de mercado, desenvolvendo um planejamento que conte com integração de plataformas de vendas, por meio do modelo multicanais, além de ter alguns aliados, como o treinamento constante da equipes de vendas e o foco na inovação.

Para continuar a “vender lenços”, a cada dia que passa sua loja precisará se adequar a novos processos e formatos de gestão.  Fique de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − dez =

Scroll to Top