Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Tit√£s Inventures

A evolu√ß√£o significativa que a desregulamenta√ß√£o do setor de Utilities, mundo afora, proporcionou √†s empresas de energia el√©trica, g√°s e saneamento, dentre outras, endossa ainda mais a tese de que o¬†livre mercado e a ampla concorr√™ncia formam o melhor modelo econ√īmico, tanto para empresas como para os consumidores.

Apresentadas √†s novas realidades competitivas,¬†muitas empresas souberam explorar as li√ß√Ķes dos mercados competitivos e potencializar seu modelo de atua√ß√£o,¬†ao mesmo tempo que outras n√£o tiveram a flexibilidade, agilidade e prontid√£o necess√°ria para sobreviver.

Apesar de os projetos de desregulamenta√ß√£o do setor de Utilities n√£o terem chegado ao Brasil de forma estruturada ‚Äď e ainda n√£o mostrarem seus tra√ßos no curto ou m√©dio prazo ‚Äď se adequar √† realidade competitiva e zelar pela satisfa√ß√£o dos clientes √© primordial para as empresas do setor, bem como investir de forma consistente na obten√ß√£o de excel√™ncia operacional e maximiza√ß√£o de seus ativos.

Mesmo sendo cativo da empresa de energia, g√°s, √°gua ou saneamento de sua regi√£o, o consumidor cada vez mais atua como cidad√£o e formador de opini√£o¬†(principalmente com o uso das ferramentas da Web em redes sociais),¬†exigindo posi√ß√Ķes corporativas¬†em rela√ß√£o √† ado√ß√£o de pr√°ticas de sustentabilidade, ao desenvolvimento de matrizes energ√©ticas limpas e renov√°veis, √† dissemina√ß√£o de pol√≠ticas e projetos voltados para a preven√ß√£o de acidentes e seguran√ßa, dentre outros.¬†S√£o comportamentos t√≠picos de setores abertos de mercado, mas que necessitam fazer parte do menu de prioridades dos setores de utilities.

No lado das empresas, a prem√™ncia pela ado√ß√£o de projetos, a√ß√Ķes e iniciativas estrat√©gicas que tragam resultados tang√≠veis e intang√≠veis mensur√°veis¬†(que validem os investimentos feitos, independentemente dos par√Ęmetros das empresas de refer√™ncia) torna a evolu√ß√£o de cada operadora,atrav√©s da evolu√ß√£o tecnol√≥gica, um desafio ainda maior.

As possibilidades de geração de novas oportunidades de mercado e redução de custos sistêmicos derivam da adoção de melhores práticas de Inteligência Competitiva, Estratégias de Evolução e Adoção de Tecnologias de Ruptura, Gestão do Relaconamento com Clientes e Gestão do Conhecimento.

Conheça nossas 20 Linhas de Ofertas clique aqui.

Scroll to Top