Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Olhar Digital, Agosto, 2011

Reprodução
Internet

Até o final de 2011, as transações no varejo online brasileiro – que inclui a venda de bens de consumo, automóveis e turismo – vão ultrapassar os R$ 30 bilhões. As previsões fazem parte de um estudo divulgado pela consultoria E-Consulting, a qual prevê um crescimento de 15% nas receitas do setor neste ano.

Ainda segundo o estudo, em 2010, o varejo online no Brasil movimentou R$ 26,2 bilhões, o que representou um avanço de 20,2% sobre o ano anterior.

Para 2011, a E-Consulting considera que os grandes pilares de crescimento do setor no Brasil são: a consolidação das atividades online de grandes varejistas, o aumento das transações nos sites de compras coletivas e o incremento nos investimentos em publicidade online. Este último setor tende a somar R$ 1,7 bilhão, neste ano, com acréscimo de 25%.

De janeiro a junho deste ano, a consultoria estima que o varejo online brasileiro movimentou R$ 15,9 bilhões, o que representa um número 19,1% maior do que o obtido no mesmo período de 2010. O melhor desempenho do setor ficou com a indústria de turismo, que cresceu 29%, seguida por bens de consumo, com 20,9%.

O estudo estima que 22,4 milhões de brasileiros já fizeram compras em lojas de varejo online em 2011, sendo que 56% das transações envolveram cartão de crédito e 31% boleto bancário.

Fonte: Olhar Digital

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top