Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

“Plano de Voo”: Incerteza econômica é maior restrição

DCI, Novembro, 2013

Pesquisa indica que burocracia e regulamentação não são mais consideradas os grandes obstáculos para o crescimento do Brasil…

Cinquenta e quatro por cento dos empresários brasileiros apontam a incerteza econômica como o principal fator de restrição ao crescimento do Brasil, segundo relatório relativo ao terceiro trimestre da Grant Thornton International.

Esse resultado, bem maior que os 36% do 2º trimestre, coloca o ambiente econômico à frente da burocracia e regulamentação (53%), tradicionalmente consideradas os maiores obstáculos para o crescimento do Brasil. O País figura na 13ª posição no ranking mundial trimestral no quesito incerteza econômica, ficando acima da média global de 42%. O estudo abrange 12.500 mil empresas em 44 economias – das quais 300 brasileiras.

Outra preocupação dos empresários brasileiros é a falta de mão de obra qualificada. Considerando que a média global é de 29%, este dado coloca o Brasil atrás de Filipinas, Vietnã, Botswana, Letônia, Nova Zelândia e Tailândia.

Fé e política

Considerado um ético na política, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) lança hoje o livro “Fé e Política – de Pedro a Francisco”, onde comenta a conjuntura nacional e analisa as relações entre a fé e a política, tomando como ponto de partida as manifestações de junho e a vinda do papa Francisco ao Brasil. O senador chama atenção para o valor da educação no contexto atual. “Eu não tenho dúvida de que a mudança de enredo da nossa história política está na educação”, afirma.

Brasileiras em Londres

O Instituto de Tecnologia de Software (ITS), em parceria com a Softex e com o apoio da Apex Brasil, promove entre 12 e 14 deste mês a estreia de start-ups brasileiras de TI no 1º evento internacional da entidade, em Londres. Estarão no Brasil IT+ Finance Innovative Solutions a Cash Monitor, Gluedevice, Orion, Red Drummer, STA Holding e Sirsan.

À frente nas fusões

Com 16 operações de fusões e aquisições realizadas entre julho e setembro de 2013, o segmento de alimentos, bebidas e  tabaco foi o segundo em número de transações no período, ficando apenas quatro negociações atrás do líder da pesquisa, a área de Tecnologia da Informação. Os dados são do levantamento Fusões e Aquisições feito, trimestralmente, pela KPMG no Brasil.

Sem riscos para a marca

A Dom Strategy Partners, consultoria em estratégia corporativa, ouviu 77 CEOs de empresas do setor varejista no Brasil para entender as perspectivas acerca do relacionamento multicanal com os consumidores. Para 59% deles, o atual desafio é integrar ao diálogo com o consumidor final um canal de comunicação sem causar riscos e rupturas na reputação da marca.

Relações com investidores

Luiz Leonardo Cantidiano, sócio fundador do Motta Fernandes Rocha Advogados, participa hoje, em São Paulo, da comemoração aos 40 anos de Escrituração de Ações do Banco Itaú. No evento, ele falará sobre os desafios e as oportunidades para o mercado de Relações com os Investidores.

Soldados da borracha…

Mesmo contrariando a orientação da ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, a Câmara aprovou indenização de R$ 25 mil em dinheiro aos chamados soldados da borracha, seringueiros recrutados pelo governo brasileiro em 1943 para produção de borracha durante a 2ª Guerra Mundial.

…ganham benefício

O texto segue para votação no Senado. A proposta também fixa o benefício mensal vitalício a ser recebido em R$ 1,5 mil. O Planalto não quer a aprovação do benefício por causa do aumento nas despesas do governo – algo que a presidente Dilma está tentando segurar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

Scroll to Top