Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

O que é o MVP?

  • Mais Valor Produzido – avalia a capacidade de uma empresa GERAR e PROTEGER VALOR para seus diferentes stakeholders, principalmente Clientes, Acionistas e Funcionários.
  • Uma empresa é tão mais forte quão maior for sua capacidade de gerar valor a partir da interação/relação com seus públicos.
  • Esse valor se fortalece à medida que a empresa aumenta sua longevidade, ou seja, capacidade de produzir, ao longo do tempo, maior valor para seus públicos.

O que é Valor?

  • Valor é o que qualquer empresa deve ambicionar como finalidade.
  • Valor é SEMPRE produzido a partir da interação das empresas com seus públicos.
  • O melhor Valor possível é o que se define por Long Term Sustainable Value, ou Valor Sustentável de Longo Prazo.
  • O valor pode ser Tangível, financeiro e de curto prazo (Resultados) e Intangível, econômico e de longo prazo (Reputação).
  • Também pode ser Protegido (Riscos) e Gerado (Competitividade).
  • A melhor forma de avaliar a saudabilidade econômico-financeira de uma empresa é avaliar sua capacidade de gerar  e proteger valor tangível e intangível para si e seus stakeholders, ao longo do tempo.

Porque o MVP como Medida?

  • MVP – Mais Valor Produzido – é a medida mais confiável acerca da saudabilidade mercadológica-financeira e operacional de qualquer  empresa, pois tem como prerrogativa a busca da equação ótima entre curto e longo prazo (principal desafio dos grandes executivos e tomadores de decisão).
  • Vale reforçar que para cada setor essa equação tem característica específica, com itens mais ou menos relevantes, porque determinados ativos são mais ou menos importantes para determinados setores (Ex: inovação é mais relevante para Bens de Consumo que para Cimentos; Excelência no Relacionamento com Consumidores é mais relevante para Varejo do que para Papel e Celulose, e assim por diante).

Metodologia EVM

  • A metodologia-base para o MVP é a EVM – Enterprise Value Management, exclusiva e proprietária (registrada) da DOM Strategy Partners.
  • Essa metodologia avalia as empresas e sua perfomance na capacidade de gerar e proteger valor para si e para seu stakeholders. É da interação da empresa com seus públicos que o valor é gerado/protegido e compartilhado, na visão win-win em que todos ganham.
  • Valor Corporativo é, portanto, fruto da equação ótima entre 4 Dimensões de Valor: Resultados, Reputação, Competitividade e Riscos.
  • Em cada uma das 4 Dimensões, trabalha-se com a escolha dos principais ativos e direcionadores de Valor, que variam de setor para setor, mercado para mercado, empresa para empresa, conjuntura para conjuntura…
  • Por isso, maximizar o EVM da empresa – maior desafio e principal agenda dos CEOs, Executivos TOP e Empresários, tem a ver com ser competente em otimizar os indicadores associados a cada ativo importante para essa empresa, sua realidade e desafios.
  • Por isso, quão mais eficaz for a empresa na escolha desses ativos e direcionadores estratégicos, tanto tangíveis e intangíveis, como de Geração e Proteção de Valor, maior probabilidade ela terá de Produzir Mais Valor, Valor Sustentável de Longo Prazo ou Long Term Sustainable Value.

Metodologia MVP

  • A Metodologia MVP, produzida pela DOM Strategy Partners com exclusividade para o Prêmio Mais Valor Produzido (MVP), parte da Metodologia EVM, quadrantizando, por Setor/Segmento da Economia, os principais ativos e direcionadores estratégicos de Valor.
  • Então, selecionamos  22 Setores da Economia para avaliar a performance das principais empresas, nos ativos e direcionadores selecionados como geradores e protetores de valor tangível e intangível, a partir da interação contínua e saudável da empresa com seus diversos públicos, ao longo do tempo.
  • Partimos da Análise das 1000 maiores empresas, em ranking formado pela combinação das 1000 maiores do Valor Econômico e da Exame, excluindo as Holdings e organizando-as nos 22 setores escolhidos.
  • O processo de avaliação durou 8 meses, de Janeiro a Agosto deste ano.
  • Mensalmente, a equipe de pesquisadores, analistas e consultores da DOM, especializados na metodologia EVM, avaliaram cada um dos ativos e direcionadores de valor selecionados por quadrante de valor da Metodologia EVM.
  • Em paralelo, estudamos os principais rankings, pesquisas e relatórios, tanto setoriais, como por ativo, produzidos pelas principais associações, publicações, institutos de pesquisa e organizações do mercado.
  • Com isso, pré-selecionamos as 200 principais empresas, todas com suas respectivas notas individuais por ativo e direcionador, bem como suas notas ponderadas por quadrante de valor da Matriz EVM.
  • Por fim, os pesquisadores de campo conversaram com os principais stakeholders dessas 200 empresas, refinando suas notas, reparametrizando os pesos de ativos e direcionadores, gerando o ranking final CMDOM50 das empresas que mais produzem valor, a partir da percepção, avaliação e recomendação de seus stakeholders sobre as análises técnicas feitas.

Óticas de Resultados

Como resultado para o MVP, temos as seguintes visões:

  • MVP – CMDOM50 – Ranking Geral das 50 Empresas que mais produzem valor, considerando todos os ativos e direcionadores ponderados.
  • MVP – Mais Valor por Stakeholder  – rankeamento das Top 3 empresas que produzem mais valor para seus principais Stakeholders: Clientes, Acionistas, Funcionários e Sociedade.
  • MVP – Mais Valor Setorial – ranking das Top 5 empresas que produzem mais valor por Setor/Segmento, a partir da compreensão da performance delas nos ativos e direcionadores estratégicos relevantes para seus Setor/Segmento.
  • MVP – Mais Valor por Quadrante de Valor da Matriz EVM – identificação e rankeamento das 15 empresas que produzem mais valor por quadrante de valor da Metodologia EVM: Reputation Index, Performance Index, Market Power Index e Maturity Index.

 

Confira outros Dados

 

As 50 empresas que mais geram valor para seus públicos

O Bradesco é a empresa que mais produz valor, a partir da interação com seus grupos de relacionamento, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Dom Strategy Partners. Para chegar ao valor corporativo de cada companhia, a consultoria analisou, durante os últimos 12 meses, quatro dimensões: os resultados, a reputação, a competitividade e o risco das corporações.

As análises foram feitas com base em rankings disponíveis no mercado (que englobam listas de melhores empresas, que mais crescem, que mais performam no mercado de capitais, de marcas mais valiosas, mais sustentáveis, mais admiradas e melhores para se trabalhar) somados ao estudo de relatórios e documentos sobre as organizações, além de pesquisas de campo e mídia.

Para o “Estudo MVP Brasil 2014: Mais valor produzido”, foram pesquisados e monitorados diferentes públicos das principais 200 empresas do país, recortadas pela Dom partir das mil maiores empresas, segundo rankings da revista EXAME e Valor Econômico.

O que direcionou a pesquisa foi uma metodologia própria da consultoria que defende que o valor produzido pelas empresas é agregado – ou destruído – e quantificado em função da percepção que os públicos dessas companhias tem ao interagir com elas, seja em processos de comunicação, relacionamento ou transações.

Assim, 22 setores da economia foram escolhidos para avaliar a performance das principais corporações nos ativos tangíveis e intangíveis tidos como direcionadores de geração e/ou proteção de valor pelas empresas.

Dentre os ativos analisados estão: Eficácia da Estratégia Corporativa, Resultados Gerados, Crescimento Evolutivo, Valor das Marcas, Qualidade de Relacionamento com Clientes, Governança Corporativa, Sustentabilidade, Gestão de Talentos, Cultura Corporativa, Inovação, Conhecimento Corporativo, Tecnologia da Informação, Grau de Transformação e Uso das Tecnologias Digitais.

A partir daí, foi construído o ranking TOP MVP, que reúne as 50 empresas que mais produzem valor segundo a percepção, avaliação e recomendação de seus grupos de relacionamento (ou stakeholders). Na lista, liderada pelo Bradesco, aparecem a AMBEV, como segunda colocada, e o Boticário, em terceiro lugar. Conheça todas elas na tabela:

Empresa Nota
1 Bradesco 8,26
2 AMBEV 8,25
3 Boticário 8,23
4 Nestlé 8,22
5 Itaú-Unibanco 8,21
6 Whirlpool 8,19
7 Natura 8,17
8 Samsung 8,17
9 Coca-Cola 8,16
10 BASF 8,16
11 Gerdau 8,14
12 McDonald?s 8,14
13 Banco do Brasil 8,13
14 Google 8,11
15 Braskem 8,09
16 Pão de Açúcar 8,08
17 Apple 8,05
18 CCR 8,05
19 TV Globo 8,04
20 Petrobras 8,03
21 Brasil Foods 8,02
22 EDP 8,02
23 Facebook 8,01
24 Sabesp 8,01
25 Eternit 8,01
26 Fiat 8,01
27 Procter&Gamble 8
28 Volkswagen 8
29 AES Eletropaulo 8
30 Johnson & Johnson 7,98
31 Bradesco Seguros 7,98
32 Netshoes 7,97
33 UOL 7,97
34 Porto Seguro 7,96
35 Fast Shop 7,96
36 Microsoft 7,95
37 DOW 7,94
38 Accor Hoterlaria 7,93
39 Roche 7,93
40 TOTVS 7,92
41 Raizen 7,92
42 Vale 7,92
43 JBS 7,91
44 Fibria 7,91
45 Suzano Papel e Celulose 7,91
46 Stefanini 7,9
47 IBM 7,89
48 Caixa Econômica 7,88
49 Philips 7,88
50 Votorantim Cimentos 7,88

 

Veja Outras Publicações sobre a Pesquisa.

Diálogo aberto – Equilíbrio é o segredo da Engrenagem

Pesquisa lista os Campeões em Produção de Valor do Mercado

Quem se destaca?

Capa Revista Consumidor Moderno

Baixe Aqui a Revista Consumidor Moderno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =

Scroll to Top