Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Executivos Financeiros – Agosto, 2016

Daniel Domeneghetti, CEO da consultoria DOM Strategy Partners

Levantamento da consultoria DOM Strategy Partners aponta instituições que apresentam melhor credibilidade e reputação

O Itaú Unibanco destacou-se mais uma vez ao apostar na inovação, no modelo digital e no atendimento ao cliente. Pela terceira vez, o banco lidera o ranking MVP Bancos (Mais Valor Produzido), criado pela consultoria focada em estratégia corporativa DOM Strategy Partners. O ranking é diferenciado pela sua abrangência, já que baseia sua análise em 62 ativos, como governança corporativa, crescimento evolutivo, qualidade de relacionamento com clientes, inovação etc.

“A grande diferença é que nossa análise da entrega dos valores tangíveis e intangíveis dos bancos é feita de fora para dentro, sob a ótica dos públicos impactados”, diz Daniel Domeneghetti, CEO da consultoria brasileira DOM Strategy Partners. No caso, o levantamento capta a percepção de clientes, consumidores, acionistas, funcionários e sociedade.

O Itaú Unibanco saiu na frente com a nota 8,33 na pesquisa, o que significa que a interação com os agentes da cadeia de stakeholders foi assertiva e direcionada. Na prática, o banco conseguiu demonstrar a eficácia de sua geração de proteção de valores e ativos além das questões monetárias. “Podemos dizer que o Itaú Unibanco experimentou mais e colheu os benefícios de suas iniciativas, criando uma imagem positiva entre os seus variados públicos”, explica Domeneghetti.

Há três anos, quando o estudo foi lançado, os bancos tinham como referência os seguintes marcadores de valor: escala e abrangência (solidez), funcionários, compliance-riscos e tecnologia. Os pilares apontados como relevantes continuam cruciais para o setor, porém outros surgiram, como a experiência do cliente, o mundo digital e a longevidade, associados a valores como sustentabilidade e outros.

O setor ficou mais complexo e observa-se a mudança no perfil do concorrente, com a chegada de players mais especializados, como fintechs e seguradoras. A tendência é a evolução do individual bank associado ao empoderamento do cliente/usuário que hoje utiliza outros canais na interação, como mobile e redes sociais.

Além do Itaú, o atual ranking MVP Bancos traz o Bradesco em segundo lugar, com a nota 8,30, e o Banco do Brasil na terceira posição, tendo a pontuação de 8,28 pontos. O Santander e a Caixa Econômica ocupam a quarta e quinta posições conquistando as notas 8,19 e 8,14, respectivamente.

A diferença na pontuação é pequena, o que mostra que todas as instituições estão se movimentando para adaptar o modelo atual, calcado em produtos e serviços, para o de relacionamento, proposta das fintechs. “Os grandes bancos buscam promover mudanças no seu modelo de negócios para atender diversos nichos”, explica o CEO da DOM.

O levantamento e o resultado analítico envolveram uma série de interações, pesquisas e monitoramento feitos pela consultoria com os diferentes públicos dos principais bancos e do País. A empresa mantém uma equipe de cerca de 20 pessoas que fazem o acompanhamento diário de relatórios, documentos e informações disponíveis sobre as companhias (públicas ou não) e uma pesquisa de campo e de mídias para se chegar ao resultado final.

 

Bancos 2016 Nota Bancos 2015 Nota
Itaú Unibanco 8,33 Itaú Unibanco 8,24
Bradesco 8,30 Bradesco 8,21
Banco do Brasil 8,28 Banco do Brasil 8,14
Santander 8,19 Santander 7,99
Caixa Econômica 8,14 Caixa Econômica 7,93

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 7 =

Scroll to Top