Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Especialistas lançam livro para orientar as empresas sobre o papel dos ativos intangíveis para o crescimento sustentável

Publicação mostra aos executivos como identificar, mensurar e gerenciar os atributos não materiais de uma organização para alcançar a diferenciação no mercado.
No cenário atual de instabilidade financeira, competitividade acirrada, regulamentação abusiva e exigências rígidas em escala global, as companhias necessitam cada vez mais de formas de diferenciação para evoluir e se perpetuar.
Para contribuir com o processo de rediscussão global dos modelos atuais de valoração de ativos tangíveis e intangíveis, dois especialistas em gestão corporativa lançam um livro para auxiliar os líderes empresariais na geração de lucro por meio de recursos imprescindíveis, mas que não costumam ser levados em conta por não estarem classificados nos balanços.
Escrito por Daniel Domeneghetti, CEO da DOM Strategy Partner, boutique de consultoria 100% nacional, e Roberto Meir, presidente do Grupo Padrão, responsável pela disseminação das melhores práticas de negócios, a publicação traz a visão dos principais estudiosos no tema, cases e a metodologia IAM (Intangible Assets Management), desenvolvida pela DOM para identificação, mensuração e gerenciamento dos atributos que não são materiais.
Os autores explicam de forma clara e objetiva as características de cada bem patrimonial analisado (inovação, talentos, clientes e consumidores, conhecimento corporativo, governança, marcas, sustentabilidade, tecnologia da informação e internet) e como eles podem acumular valor agregado em proporções geométricas para os acionistas, colaboradores, fornecedores e consumidores.
Atreladas a uma economia globalizada, a um canal multiformatado e multicanal de comunicação e à abrangência da Tecnologia da Informação, as corporações precisam lidar com diversidades extremas para manter a fidelização com o cliente, a reputação de sua marca e a sua sustentação financeira. Nesse contexto, as inteligências competitiva, de mercado e do cliente têm um papel de destaque no universo calcado pela lógica digital e intangível a que as empresas estão inseridas. “A gestão do conhecimento tem sido bastante requisitada como ferramenta capaz de enfrentar os desafios diante da concorrência agressiva”, ressalta Roberto Meir.
Segundo Daniel Domeneghetti, a publicação representa uma contribuição fundamental para os executivos por fornecer meios de exercerem suas atividades com diferenciação, transparência e planejamento através da valorização do potencial que possuem ao considerarem os elementos intangíveis. “São alicerces que devem ser preservados e bem administrados, pois eles determinam a longevidade dos negócios”, complementa ele.
Ao trazer à tona uma nova proposta de abordagem dos bens visíveis e invisíveis de uma organização, a publicação pretende suprir a demanda por estratégias empresariais que realmente tragam resultados garantidos. “A nossa bandeira é pela harmonização das relações de consumo, pelo estímulo à qualidade na prestação de serviço e pelo incentivo a excelência na performance das companhias no Brasil”, afirma Roberto Meir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =

Scroll to Top