Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Convergência Digital, Fevereiro, 2018

A empresa mais disruptiva com negócios no mercado de telecom no Brasil é a Mutant, companhia brasileira com foco em Customer Experience. A constatação é dos stakeholders da organização, que foram ouvidos pela consultoria nacional DOM Strategy Partners para o ranking Mais Valor Produzido (MVP), que traz como novidade nesta quinta edição a classificação de empresas que rompem barreiras para atuar na nova economia.

Paralelo à conquista da Mutant, o ranking ainda classifica as cinco organizações tradicionais mais valorizadas pelos stakeholders no Brasil. A liderança ficou com a Claro/Net, que subiu duas posições neste ano, seguida da Sky, Vivo, Nextel e TIM.

“No caso da Mutant, a empresa foi eleita pelos stakeholders devido à sua oferta de inovação nas interações humanas por meio de soluções baseadas em interaction design, orchestration e predication que, juntas trazem o conceito de full chanell nos contact centers”, explica Daniel Domeneghetti, desenvolvedor do estudo MVP e CEO da DOM Strategy Partners.

A DOM Strategy Partners foi a campo ouvir cada integrante do grupo de stakeholders, que avaliaram de 0 a 10 como as principais empresas de telecom entregam e produzem os ativos de valor escolhidos pela consultoria. Logo após esta interação, foi feita uma avalição pela equipe de pesquisadores da DOM, que consolidou as notas recebidas em cada um dos ativos, listando as cinco empresas do setor que tiveram a melhor soma de notas.

Na análise são considerados itens como eficácia da estratégia corporativa, crescimento, valor de marca, relacionamento com clientes, governança corporativa, sustentabilidade, gestão de talentos, inovação e uso de tecnologias digitais. O MVP vai além da mensuração de cifras financeiras e popularidade para entender o diálogo que o mercado de telecom e adjacências constrói com diferentes públicos, assim como avalia o que é valorizado nesse contato, seja tangível ou intangível.

Quatro pontos se destacam no mapeamento do valor corporativo da empresa: resultados, reputação (credibilidade e imagem), competitividade e riscos. Após serem pesquisados os principais ativos, os públicos de interesse, a interação da empresa com os stakeholders e seus resultados, o estudo traz uma nota de desempenho que vai de 0 a 10. Nesta edição a Claro/Net obteve 7,82; a Sky, que desceu uma posição em relação ao ano anterior e ficou com 7,71; a Vivo alcançou o terceiro lugar com 7,23; a Nextel subiu para a quarta colocada em relação à última edição, com 7,11; e, por fim, a TIM, que atingiu 7,02.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 2 =

Scroll to Top