Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Area H, Junho, 2011

http://www.areah.com.br/images/fotos/mh_interna_ceointerna.jpg

CEO, muita gente sabe o que a sigla significa (Chief Executive Officer ou, em bom português, Diretor Executivo), mas quantos sabem dizer o que realmente significa ser um CEO?

Daniel Domeneghetti, CEO da DOM Strategy Parttners, empresa de consultoria em estratégia corporativa, admite que o cargo é mal compreendido e muitas vezes mal usado. Ele chama atenção para a importância de não confundir o CEO com o presidente da empresa, os dois tem funções parecidas, mas geralmente o presidente está no cargo não por seu desempenho, mas pelo seu vínculo histórico com a empresa.

De acordo com Domeneghetti é possível dividir em quatros as básicas funções que o cargo exige do profissional:

– Estrategista: guider, quem dá o norte, define o tom e a velocidade;
– Evangelizador: é quem transmite a estratégia definida para os funcionários, lidera;
– Gestor: contrelar resultados;
– Networker: embaixador da companhia, quem representa e faz interlocução com diferentes áreas, desde matriz/filias a investidores.

Mas chegar ao cargo e manter-se lá não é nada fácil, especialmente porque,  como Domeneghetti diz: “você não é CEO, você está CEO”.

Carlos Cruz, Coach Executivo e de Equipes, Conferencista em Desenvolvimento Humano e Diretor da UP TREINAMENTOS & CONSULTORIA, descreve o perfil: “Esse profissional é reconhecido por sua capacidade de realização e transformação. Suas competências fazem com que ele consiga trazer melhores resultados para a empresa, tanto no que diz respeito aos lucros como à produtividade. Sua figura inspira os demais membros a trabalharem melhor e alcançarem suas metas de forma concreta e objetiva.”

O coach também alerta que, apesar de a função não exija que você um super-homem, “estar no topo significa que mais responsabilidades serão assumidas, por isso, é melhor começar pelas responsabilidades da própria carreira.”

Confira as cinco ações, indicadas por Cruz, de hoje que podem te transformar no CEO de amanhã:

Priorizar atividades que geram resultados
Não perca tempo com atividades que não tragam bons resultados. Conte com o planejamento estratégico para alcançar níveis de excelência ao longo do seu dia-a-dia.

Buscar responsabilidades e assumi-las
Sabe aquele projeto importante que o seu chefe está para começar? Prepare-se e esteja à disposição para colaborar. Para que você possa ser visto, muitas vezes é preciso se expor. Não espere, crie suas próprias oportunidades e lembre-se: quem não é visto não é lembrado.

Inovar e criar
Não realize suas tarefas de maneira automática, ou seja, pense sempre no que pode ser melhorado. Inovação é algo que toda empresa busca e, se você fizer isso também, há grandes chances de criar algo que faça a diferença para sua organização.

Aprender a cada instante
Aproveite todas as oportunidades para aprender algo novo. Acredite que não existem erros e acertos, apenas resultados. A partir deste pensamento, idealize maneiras de aprender com os resultados e ir à busca das suas metas.

Investir em você
Estude, trabalhe seu desenvolvimento pessoal e busque atividades que realmente lhe dão prazer e geram mais impacto positivo nos seus resultados. Para crescer na empresa é preciso crescer internamente, como indivíduo.

Pronto para assumir o cargo?

Fonte: Area H

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top