Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

A gestão de pessoas torna-se mais complexa a cada geração. Os modelos de gestão de pessoas estão intimamente ligados às atitudes da sociedade em relação ao trabalho, à evolução do arcabouço jurídico-trabalhista e também às tendências sociais e tecnológicas de cada tempo.

Como a atividade tem se desenvolvido desde os babyboomers até os dias atuais? Quais os contextos do ambiente e as tendências de cada época? Quais os principais desafios e as soluções encontradas? Há muito com o que aprender olhando para trás.

Mas antes, um breve olhar sobre as gerações nascidas desde a Segunda Guerra Mundial.

 

 

 

 

De forma geral, visto estes quadros extremamente resumidos e longe de serem exaustivos, pode-se perceber que a gestão de recursos humanos percorreu um longo caminho desde os dias de Henry Ford, quando se pensava que pessoas relativamente sadias, sob orientação de supervisores, eram o necessário para manter as linhas de produção funcionando.

No entanto, desde os babyboomers uma revolução vem ocorrendo e novas formas de se organizar e motivar têm sido utilizadas para incrementar a produtividade e, mais recentemente, a criatividade e colaboração dos funcionários. Essa revolução de modo algum terá um fim. À medida que a própria sociedade evolui e novas teorias vão sendo desenvolvidas, dogmas serão questionados e novos modelos de gestão terão que ser moldados, para que as organizações humanas continuem evoluindo.

Saiba mais:

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top