Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Praitec – Novembro, 2016

O Google é a empresa que mais gerou valor para si e para os grupos com os quais se relaciona, como acionistas, colaboradores, clientes e sociedade.

É o que aponta a 4ª edição do estudo “MVP Brasil 2016: Mais Valor Produzido”, feito pela consultoria Dom Strategy and Partners em parceria com o Centro de Inteligência Padrão – CIP, área responsável pela condução dos estudos do Grupo Padrão.

“O Google é considerado quase que indispensável na vida das pessoas pela sua influência na sociedade e capacidade de gerar valor continuamente, mesmo em um país como o nosso” afirmou Roberto Meir, especialista internacional em relações de consumo e varejo e presidente do Grupo Padrão.

A companhia de tecnologia é seguida de perto no ranking pelo Itaú Unibanco e do Bradesco. Veja a lista completa abaixo.

Os bancos, inclusive, são o setor mais presente no levantamento pela 3ª vez, entre os mais equilibrados na entrega de valor para os diferentes públicos. Em seguida, está o setor de consumo, incluindo alimentos e bebidas e cosméticos.

Por outro lado, os segmentos Engenharia e Construção e Telecomunicações apresentaram os piores índices. Outro destaque do estudo foi a performance insatisfatória das estatais em geral, com exceção dos bancos públicos.

“As estatais, pelo histórico recente, acabaram comprometendo muito sua geração de valor, quando não foram vítimas de destruição de valor por conta da má gestão”, afirmou Meir.

Metodologia

O estudo MVP Brasil 2016 analisou empresas de 22 setores da economia quanto a sua capacidade de proteger e gerar valor para si e para diferentes públicos.

Eles avaliaram 1.000 empresas a partir de dados disponíveis no mercado, relatórios e documentos sobre as organizações, pesquisas de campo e mídia durante 10 meses de novembro de 2015 a agosto desse ano.

A metodologia levou em conta quatro aspectos para avaliar as companhias: resultados, reputação, competitividade e risco das corporações. Ela também pesquisou os resultados, crescimento, valor das marcas, governança corporativa, cultura e dezenas de outros itens.

Com esses indicadores em mãos, a consultoria DOM Strategic Partners e o Grupo Padrão deram uma nota para cada uma das empresas.

Categorias

O estudo também aponta quais foram as empresas que mais geraram valor para cada público. A Ambev, Alpargatas e Vale foram apontadas como aquelas que mais criaram valor para o Brasil. Para os funcionários, a Elektro, Gazin e Caterpillar estão no todo da lista.

Entre as empresas de capital aberto, o Itaú-Unibanco, Bradesco e BBSeguridade foram as que mais devolveram aos acionistas. Para as empresas de capital fechado, O Boticário, Libbs e Netshoes encabeçam a lista de valor aos acionistas.

Na categoria de valor para o cliente, na relação direta com o consumidor final, estão a Coca-Cola, Johnson & Johnson e Nestlé. Veja o ranking geral abaixo:

Ranking Empresa Nota
1 Google 8,425
2 Itaú Unibanco 8,312
3 Bradesco 8,284
4 Whirlpool 8,272
5 Caixa Econômica 8,263
6 Coca-Cola 8,255
7 O Boticário 8,241
8 Johnson & Johnson 8,238
9 Ambev 8,229
10 Banco do Brasil 8,218
11 Nestlé 8,217
12 Bunge 8,214
13 Elektro 8,212
14 EDP 8,197
15 Nespresso 8,168
16 Santander 8,163
17 Samsung 8,148
18 BASF 8,142
19 SBT 8,139
20 P&G 8,114
21 3M 8,088
22 Pfizer 8,078
23 Kroton 8,077
24 AES Eletropaulo 8,071
25 Ipiranga 8,068
26 Localiza 8,062
27 Fleury 8,049
28 Ser Educacional 8,043
29 Roche 8,038
30 Unilever 8,027
31 Carrefour 8,026
32 Hospital Albert Eintein 8,022
33 Weg 8,018
34 Novartis 8,017
35 BRF 8,016
36 RaiaDrogasil 8,015
37 Avianca 8,014
38 Microsoft 8,013
39 Cosan 8,012
40 LG 8,011
41 Embraer 8,006
42 TV Globo 8,004
43 Hypermarcas 7,997
44 DOW 7,976
45 Hospital Sírio Libanês 7,973
46 Renner 7,943
47 Walmart 7,937
48 Electrolux 7,934
49 Bradesco Seguros 7,931
50 Raizen 7,928

Arquivado em:NEGÓCIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =

Scroll to Top