Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Acompanhar os desafios do mercado sempre foi uma prática recorrente de
grandes varejistas, principalmente porque eles precisam estar em
conformidade com os anseios do novo cliente, cada vez mais empoderado e
conectado. Pensando sob o ponto de vista da aplicabilidade destes
desafios, a consultoria de marketing DOM Strategy Partners reuniu os principais insights após conversar com líderes e executivos das 50 principais varejistas em atividade no Brasil.

A
relação está alinhada com macrotendências globais, que são consideradas
movimentos importantes e que, também, devem influenciar o mercado de
varejo nos próximos anos. ‘Os produtos não são mais unicamente o centro
da relação comercial, os clientes buscam experiência. Serviços e
conteúdos agora estarão associados cada vez mais a vias multicanais
digitais puros ou integrados aos canais tradicionais’, explica Daniel Domeneghetti, CEO da DOM Strategy Partners.

1. Adequar-se à transformação digital

O
novo básico do varejo é o digital. Os clientes atuais e futuros –
geração Y, classes emergentes, consumidor 2.0 – estarão cada vez mais
online, em rede, participando de comunidades, integrados em diversos
devices móveis, convergentes e colaborativos (MCC).

2. Competitividade superior e percebida em ambiente de excesso de oferta

Comunicação,
players de outros setores, baixas fronteiras, comparação de preços,
múltiplos canais e facilidades de pagamento são aspectos de atenção
dobrada.

3. Implementação efetiva do multi-varejo

Diversos formatos, canais, modelos. Todos se convergindo para melhor a experiência do cliente.

4. Desafio do produto certo

Ele precisa estar no formato certo, na hora certa, para pessoa certa, no momento e local certo.

5. Agregação de serviços e facilidades

Itens que devem ser diferenciais de valor.

6. Cadeias eficazes como fator crítico de sucesso

Agilidade, disponibilidade, entrega, controle, aprendizado e sustentabilidade.

7. Relacionamento e colaboração

A conexão deve ocorrer com consumidores e demais atores.

8. Correta equação PWR (Profitability-WalletShare-RelationshipValue)

O processo deve ocorrer com diferentes clusters e segmentos de consumidores abordagem local/singular mais global acessível.

9. Feedback contínuo positivo da marca e da oferta (Experiência Única)

Criação de links RAID (Razão, Emoção, Instinto e Desejo) com diferentes grupos de consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =

Scroll to Top